Visitantes

Estamos em defesa dos animais em geral somos da nossa mãe : " Mariza Maravilha " Por essa razão somos " FELINOS MARAVILHA"

Seguidores

PERFIL

Minha foto
Mariza Maravilha a Srtª. que faço a diferença
Meu nome é : Mariza Maravilha Obrigada pela sua visita! Tenho 47 anos, solteira , natural de Leblon/RJ. atualmente moro em Guarujá/SP. Recomecei o crochê depois de um longo período, devido á rotina de um tratamento prolongado, não me permitia tempo para isso. Decidi criar este Blog e vários que eu tenho. Também tenho esse blog para afirmar quem é o Dono da minha vida CRISTO. a Minha crença é em CRISTO JESUS, não há DEUS maior que Ele, e dEle vem as minhas vitórias COM CRISTO EM CRISTO JESUS. TE AMO SENHOR JESUS. retornei ao mercado de trabalho, na área de escriturária, mas devido um descaso do destino houve um acidente em 2000 no qual fiquei de cama por 4 anos por quase perder a perna esquerda. Em 2005 comprei um pc, e comecei a descobri o mundo maravilhoso dos blogs comecei a retornar aos meus artesnatos. Agradeço a todas as pessoas que tornaram possível a realização de meus trabalhos , ás que visitam meu Blog! Agradeço á colaboração indireta dessas pessoas maravilhosas e seus lindos trabalhos que disponibilizam suas imagens, receitas para que isso fosse possível!!! E aos amigos que apoiam meu blog.
Visualizar meu perfil completo

Indicamos esse site dos bichanos

domingo, 23 de janeiro de 2011

A estratégia do Golfinho


SEJAM BEM VINDOS

Um trechinho do livro: “A estratégia do Golfinho” de Dudley Lynch e Paul L. Kordis, a metáfora do Tubarão, da Carpa e do Golfinho é extremamente perspicaz para explicar essas popularidade entre as pessoas.

Existem 3 tipos de animais: as carpas, os tubarões e os golfinhos.

A carpa é dócil, passiva e quando agredida não se afasta nem revida. Ela não luta mesmo quando provocada. Considera-se uma vítima, conformada com seu destino. Alguém tem que se sacrificar, a carpa se sacrifica. Ela se sacrifica porque acredita que há escassez. Nesse caso, para parar de sofrer ela se sacrifica. Carpas são aquelas pessoas que numa negociação sempre cedem, sempre são os que recuam; em crises, se sacrificam por não poderem ver outros se sacrificarem. Declaração que a carpa faz para si mesmo: "Sou uma carpa e acredito na escassez. Em virtude dessa crença, não espero jamais fazer ou ter o suficiente. Assim, se não posso escapar do aprendizado e da responsabilidade permanecendo longe deles, eu geralmente me sacrifico.”

Nesse mar existe outro tipo de animal: o tubarão.
O tubarão é agressivo por natureza, agride mesmo quando não provocado. Ele também crê que vai faltar. Tem mais, ele acredita que, já que vai faltar que falte para outro, não para ele! "Eu vou tomar de alguém!" O tubarão passa o tempo todo buscando vítimas para devorar porque ele acredita que podem faltar vítimas. Que vítimas são as preferidas dos tubarões? Acertou. As carpas. Tanto o tubarão como a carpa acabam viciados nos seus sistemas. Costumam agir de forma automática e irresistível. Eles têm que ganhar sempre, não se importando que o outro perca.
Declaração que o tubarão faz para si mesmo: “Sou um tubarão e acredito na escassez. Em razão dessa crença, procuro obter o máximo q posso, sem nenhuma consideração pelos outros.Primeiro, tento vencê-los; se não consigo, procuro juntar-me a eles”.

O terceiro tipo de animal: o golfinho. Os golfinhos são dóceis por natureza.
Agora, quando atacados revidam e se um grupo de golfinhos encontra uma carpa sendo atacada eles a defendem e atacam os seus agressores.
Os "Verdadeiros" golfinhos são algumas das criaturas mais apreciadas das profundezas. O comportamento dos golfinhos em volta dos tubarões é legendário e, provavelmente, eles fizeram por merecer essa fama. Usando sua inteligência e sua astúcia, eles podem ser mortais para os tubarões. Matá-los a mordidas, não! Os golfinhos nadam em torno e martelam, nadam e martelam. Usando seus focinhos como clavas, eles esmagam metodicamente a "caixa torácica" do tubarão até que a mortal criatura deslize impotente para o fundo.
Declaração que o golfinho faz para si mesmo: "Sou um golfinho e acredito na escassez e na abundância potenciais. Assim como acredito que posso ter qualquer uma dessas duas coisas - é esta a nossa escolha - e que podemos aprender a tirar o melhor proveito de nossa força e utilizar nossos recursos de um modo elegante, os elementos fundamentais do modo como crio o meu mundo são a flexibilidade e a capacidade de fazer mais com menos recursos.”
Todos nós temos os três caminhos à nossa frente, e as três atitudes dentro de nós. Em situações diferentes podemos exibir qualquer uma das características: uma pessoa carpa em um relacionamento pode ser tubarão em outro. Dessa forma todos podem ter seus momentos carpa e tubarão. Mas, como decisão de valores de vida, sejamos golfinhos. Golfinhos procuram sempre o equilíbrio, procuram sempre encontrar soluções que atendam as necessidades de todos. Quando não conseguem o que querem, eles alteram os seus comportamentos com precisão e rapidez, muitas vezes de forma engenhosa e criativa, para buscar aquilo que desejam.
Trilhemos o Caminho do Meio. Com inteligência, elegância e flexibilidade podemos pautar nossas vidas nessa sabedoria de acreditar que existem duas formas diferentes de viver a vida: uma é que não podemos mudar a natureza de ninguém. E a outra é que nada pode mudar a nossa verdadeira Natureza a não ser nós mesmos.

Mariza Maravilha e sua turminha Felina

0 comentários:

Loading...
 
© 2007 Template feito por Templates para Você